Skip navigation

Monthly Archives: abril 2009

Filme interessantíssimo de produção argentina em co-produção espanhola. Profundo retrata uma das muitas variáveis de relacionamento caótico e perturbado entre as pessoas. Mostra como desestruturações aparentemente pequenas nas famílias podem acumular-se em estragos profundos nas vidas das pessoas.

Película: Quiéreme
Director: Beda Docampo Feijóo
Origen: Argentina- España, 2007
Actores: Darío Grandinetti, Cristina Valdivieso, Ariadna Gil, entre otros.
Género: Drama
Duración: 95 minutos

Anúncios

adieu mon coeur (tradução)

edith piaf

Composição: Indisponível

Adeus meu coração

Adeus, meu coração
Jogam-te na tristeza
não terás meus olhos para morrer…
Adeus, meu coração
Os écos da felicidade
Tornam teus cantos tristes
Como um arrependimento

Outrora respiravas o sol de ouro
Caminhavas sobre tesouros
Éramos vagabundos
Amávamos as canções.
Isso acabou nas prisões

Adeus, meu coração
Jogam-te na tristeza
não terás meus olhos para morrer…
Adeus, meu coração
Os ecos da felicidade
Tornam teus cantos tristes
Como um arrependimento

Non, rien de rien                                       Não, de forma alguma
Non, je ne regrette  rien                            Não, eu não me arrependo de nada
Ni le bien quõn m’a fait                             Nem o bem que fizeram,
Ni le mal, tout ça m’est bien égal              Nem o mal, tudo é  igual

 

 

 

 

 

 

Avec mes souvenirs                                 Com minhas lembranças
J’ai allumé le feu                                       Eu alimentei o fogo
Mes chagrins, mes plaisirs                       Minhas aflições, meus prazeres
Je n’ai plus besoin d’eux                           Eu não preciso mais deles

 

Balayés mes amours                                Varri tudo, meus amores
Avec leurs trémolos                                  Junto com seus aborrecimentos
Balayers pour toujours                              Varri para sempre                          

 

  

 

Je repars a zero                                         Eu recomeço do zero
Non, rien de rien                                       Não, de forma alguma
Non, je ne regrette  rien                            Não, eu não me arrependo de nada
Ni le bien quõn m’a fait                             Nem o bem que fizeram,
Ni le mal, tout ça m’est bien égal              Nem o mal, tudo é  igual

  

Non, rien de rien                                       Não, de jeito nenhum
Non, je ne regrette rien                             Não, eu não me arrependo de nada
Car ma vie, car me joies                           Pois minha vida, minha felicidade

Pour aujourd’hui ça commence avec toi   No dia de hoje começam com você

Quanto mais eu vivo mais me surpreendo com o grau de crueldade e animosidade do ser humano. Este filme retrata uma passagem surpreendente da história da humanidade, e novamente de novo a igreja católica está retratada aqui por sua trajetória desviante, no mínimo isso.

Você sabia que nossa pequena notável sofreu de depressão, foi internada em um hospital psiquiátrico e tomou vários choques elétricos? Mulher de fibra, enfrentou a vida de frente e nos deixou toda uma alegria para nos lembrarmos dela.

O que é a dor?

Escolha?

Paixão?

Dor??

Caminhada…

Onde termina a alegria…

Onde começam os problemas..

Solidão

Incerteza

Insegurança

Isto é a dor

A antítese da vida

Da arte

Do respeito

Da vida!