Skip navigation

E… num país em que praticamente toda mulher tem sua chapinha, eu me acostumando a ser eu mesma (rs).

Este slideshow necessita de JavaScript.

@rprota Somente para vc querida ~ Canto de Ossanha ~ http://bit.ly/dAIpCB

Valleeeu!

Canto de Ossanha
Vinicius de Moraes
Composição: Vinicius de Moraes / Baden Powell
-“O canto da mais difícil
E mais misteriosa das deusas
Do candomblé baiano
Aquela que sabe tudo
Sobre as ervas
Sobre a alquimia do amor”
Deaaá! Deeerê! Deaaá!
O homem que diz “dou”
Não dá!
Porque quem dá mesmo
Não diz!
O homem que diz “vou”
Não vai!
Porque quando foi
Já não quis!
O homem que diz “sou”
Não é!
Porque quem é mesmo “é”
Não sou!
O homem que diz “tou”
Não tá
Porque ninguém tá
Quando quer
Coitado do homem que cai
No canto de Ossanha
Traidor!
Coitado do homem que vai
Atrás de mandinga de amor…
Vai! Vai! Vai! Vai!
Não Vou!
Vai! Vai! Vai! Vai!
Não Vou!
Vai! Vai! Vai! Vai!
Não Vou!
Vai! Vai! Vai! Vai!
Não Vou!…
Que eu não sou ninguém de ir
Em conversa de esquecer
A tristeza de um amor
Que passou
Não!
Eu só vou se for prá ver
Uma estrela aparecer
Na manhã de um novo amor…
Amigo sinhô
Saravá
Xangô me mandou lhe dizer
Se é canto de Ossanha
Não vá!
Que muito vai se arrepender
Pergunte pr’o seu Orixá
O amor só é bom se doer
Pergunte pr’o seu Orixá
O amor só é bom se doer…
Vai! Vai! Vai! Vai!
Amar!
Vai! Vai! Vai! Vai!
Sofrer!
Vai! Vai! Vai! Vai!
Chorar!
Vai! Vai! Vai! Vai!
Dizer!…
Que eu não sou ninguém de ir
Em conversa de esquecer
A tristeza de um amor
Que passou
Não!
Eu só vou se for prá ver
Uma estrela aparecer
Na manhã de um novo amor…
Vai! Vai! Vai! Vai!
Amar!
Vai! Vai! Vai! Vai!
Sofrer!
Vai! Vai! Vai! Vai!
Chorar!
Vai! Vai! Vai! Vai!
Dizer!…(2x)

Reprodução
Desmond Tutu
07/10/1931, Klerksdorp, Transvaal.
Prêmio Nobel da Paz.

Luta contra o apartheid.

“Não somos amados por sermos bons. Somos bons porque somos amados. (Desmond Tutu)

Interessante a história da filha de Mussolini, assisti o fim de uma série de quatro episódios sobre ela. Ela publicou o diário do ex-marido que retrata fatos históricos da época do nazi-fascismo. Edda foi uma mulher de grandes e dolorosas paixões.

Você deixa meu sorriso assim…lindu.

Ela me encontrou
Eu tava por aí
Num estado emocional tão ruim
Me sentindo muito mal
Perdido, sozinho
Errando de bar em bar
Procurando não achar
Oh! Yeh! Yeh! Yeh!
Ela demonstrou tanto prazer
De estar em minha companhia
Eu experimentei uma sensação
Que até então não conhecia
De se querer bem
De se querer quem se tem…
E ela me faz tão bem
E ela me faz tão bem
Que eu também quero
Fazer isso por ela…(2x)
Ela me encontrou
Eu tava por aí
Num estado emocional tão ruim
Me sentindo muito mal
Cansado, perdido, fudido
Errando de bar em bar
Procurando não achar
Oh! Yeh! Yeh! Yeh!
Ela demonstrou tanto prazer
De estar em minha companhia
Eu experimentei uma sensação
Que até então não conhecia
De se querer bem
De se querer quem se tem…
E ela me faz tão bem
Ela me faz tão bem
Que eu também quero
Fazer isso por ela…(2x)
Ela demonstrou tanto prazer
De estar em minha companhia
Eu experimentei uma sensação
Que até então não conhecia
De se querer bem
De se querer quem se tem…
E ela me faz tão bem
E ela me faz tão bem
Que eu também quero
Fazer isso por ela
E ela me faz tão bem!